Aprenda como planejar uma viagem internacional em 5 passos

como planejar uma viagem internacional

Não existe nada melhor do que fazer as malas para conhecer lugares diferentes. Entretanto, para que tudo ocorra como o esperado, é preciso tomar alguns cuidados. Além de evitar imprevistos e trazer mais segurança, algumas atitudes ainda podem economizar tempo.

Listamos cinco dicas sobre como planejar uma viagem internacional e realizar os seus sonhos. Confira!

1. Escolha o destino e a melhor época do ano

Esse é o primeiro passo para planejar uma viagem internacional. Afinal, o destino e a data do passeio determinarão aspectos como documentação, hospedagem e transporte.

Claro que, na verdade, o importante é que você viaje para onde seu coração mandar. Porém, alguns fatores devem ser levados em conta para sua experiência ser a melhor possível.

Analise, por exemplo, o tempo disponível para viajar. A partir daí, saiba se você terá dificuldade para chegar aos lugares e a distância entre eles. Pesquise, também, sobre os custos totais do passeio e veja se está dentro do seu orçamento.

Essa definição de lugares pode — e deve — ser feita de acordo com a época do ano. Cada destino tem um mês mais indicado para ser visitado, de acordo com o clima, com as temporadas e até mesmo com a disponibilidade de atrações turísticas.

2. Providencie o passaporte e o visto com antecedência

Os documentos obrigatórios são itens muito importantes. Países do Mercosul exigem apenas o Registro Geral (RG) para a entrada de brasileiros em seus territórios. Porém, na maioria dos outros lugares — como os Estados Unidos — é preciso ter o passaporte e emitir o visto de turismo.

Em determinadas épocas do ano (períodos que antecedem férias escolares, por exemplo), o processo para emissão de passaporte e visto é mais demorado. Sendo assim, informe-se com antecedência sobre os documentos exigidos e os providencie o mais rápido possível.

3. Fique atento ao preço das passagens

Após a entrega de documentos, você já pode começar a compra das passagens áreas. Nesse momento, é muito importante realizar uma pesquisa cuidadosa dos preços.

Existem, inclusive, sites que realizam buscas comparando valores de passagens. É uma ótima ferramenta para encontrar a companhia área que oferece o melhor custo-benefício.

Além do mais, algumas companhias ainda contam com alerta de preço. Basta informar a data da viagem e o destino que você será notificado a cada alteração do valor da passagem.

Outra dica importante é comprar as passagens com certa antecedência. Só assim você terá mais opções disponíveis e não corre o risco de se deparar com passagens esgotadas.

4. Informe-se sobre as vacinas exigidas

Algumas vacinas são exigidas para entrar em determinados países, sendo a mais comum a vacina contra a febre amarela. Ela é exigida em países tropicais, e é preciso tomá-la 10 dias antes do embarque devido ao período de incubação.

A falta do certificado de imunização devidamente reconhecido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pode impedir o carimbo no passaporte.

5. Verifique a variação do câmbio para trocar as moedas

Mesmo que você leve cartões de crédito internacional, não é recomendado viajar para o exterior sem ter moedas comercializadas no país. Além das transações sofrerem incidência de impostos, não dá para contar que todos os passeios e os estabelecimentos aceitem cartões.

Por isso, procure levar uma boa quantia em espécie da moeda estrangeira. Para garantir um bom custo-benefício, seja cauteloso na pesquisa e compare as cotações. Mesmo que o valor esteja mais vantajoso em um dia, não troque todo o montante de uma vez.

Essa cotação pode melhorar nos dias seguintes. Aproveite o tempo que falta para sua viagem para trocar as moedas aos poucos, pois desse modo você garantirá a compra pelo melhor preço.

Agora que você já sabe como planejar uma viagem internacional, que tal aprender mais sobre o assunto? Basta curtir a nossa página no Facebook e acompanhar as atualizações!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *